REVIEW

Life is Strange 2 – Episódio 1 review — Irmãos de sangue

  • Data de Lançamento: 27/09/2018
  • Data do Review: 26 de setembro, 2018
  • PC, PlayStation 4, Xbox One

Grandes poderes trazem grandes responsabilidades.

por Igor Pontes em 26 de setembro, 2018

A vida pode ser estranha de diversas maneiras, não é mesmo? E é isso que o primeiro episódio de Life is Strange 2, Estradas, consegue mostrar.

Não espere por um repeteco de sensações dos outros jogos da Dontnod Entertainment. Apesar de se passar no mesmo universo da história de Max e Chloe, a continuação usa o talento da série para dramas do dia a dia para narrar uma tragédia familiar imersa no extremismo racial e ideológico dos dias de hoje. Life is Strange 2 é um road movie fraternal em tempos de Donald Trump.

Estrada para o México

Life is Strange 2 conta a história de dois irmãos, Sean e Daniel Diaz, que fogem da cidade de Seattle (EUA) em direção ao México após uma situação acabar muito mal.

Hotéis de beira de estrada e postos de gasolina no meio do nada são alguns dos cenários por onde a dupla passa enquanto tenta aprender a sobreviver sozinha – e fugir de seus problemas. Esses garotos são muito novos e estão bem longe de casa. E a todo instante fica claro: a vida dos dois não será mais a mesma depois dessa correria.

Esse primeiro episódio se passa em boa parte nesse vai e vem de florestas e estradas. E a Dontnod caprichou nas belezas naturais de Washington, estado que fica quase no Alasca. Os irmãos andam por trilhas de camping, acampam na beira do rio e vivem intensamente uma aventura totalmente nova e em ambiente selvagem.

Durante o caminho, Life is Strange 2 faz questão de mostrar que essa história está dentro do universo de Max e Chloe. E para os fãs apaixonados pelo primeiro jogo, existe uma pequena referência ao primeiro jogo que faz vibrar.

Estradas mostra que, por terem origem mexicana, Sean e Daniel sofrem preconceito de todos os tipos. Isso já acontecia em casa com o próprio vizinho dos garotos, mas só piora ao longo da viagem.

Em um momento tenso do episódio, um senhor de idade chega a gritar: ‘tem mais é que construir esse muro mesmo’. Pesado.

Por mais que não façam mal a ninguém, os dois irmãos são alvos de olhares tortos o tempo inteiro. Até que conhecem Brody, um jornalista que vive cruzando as estradas dos EUA. Sua figura serve como um ombro amigo de Sean e o ajuda a entender como a vida pode ser difícil para um jovem imigrante.

Com muita sutileza, Life is Strange 2 repete o importante papel que o primeiro jogo teve na discussão de depressão e suicídio. Agora, no entanto, levantando a bola para questões raciais e sociais debatidas não só nos EUA, mas no mundo inteiro.

Seja o exemplo que você quer ver

Assim como Life is Strange: Before the Storm, o primeiro episódio de Life is Strange 2 não tem nenhuma mecânica de viagem no tempo. Pelo andar da carruagem, a continuação vai focar seus momentos de paranormalidade em poderes psíquicos, mas falar muito mais é dar spoilers.

Uma das novas dinâmicas do jogo é a interação entre os dois irmãos. Daniel é uma criança de 9 anos cheia de imaginação que está descobrindo o mundo.

E no papel de Sean, o mano mais velho, suas decisões têm ainda mais impacto que nos outros jogos da série. Afinal, que tipo de atitude você quer ensinar pro seu irmão mais novo? Sem poder voltar no tempo, avaliar as causas e consequências de suas escolhas é ainda mais crítico.

Roubar alguma coisa é mais fácil do que pagar, mas como você vai explicar isso pra uma criança? O que é certo e errado na situação em que esses dois estão? Tudo acaba tendo um peso a mais na vida de um adolescente que precisa lidar não só com suas próprias inseguranças, mas com a dificuldade de ter que cuidar do irmão sem ter ninguém pra ajudar.

O primeiro capítulo de Life is Strange 2 vira a vida de dois irmãos de cabeça para baixo e os joga na estrada, onde além de lidarem com seus sentimentos após uma tragédia familiar, eles têm de conviver com seus problemas e estreitar ainda mais os laços de fraternidade e confiança.

A câmera do jogo não é das melhores? Não. Pode atrapalhar? Sim. Então vale sempre rechecar se algum item de interesse ficou para trás. De qualquer modo, o começo dessa nova temporada promete muito mais emoção do que o primeiro jogo. Pois é.

5 0
Ver comentários ()

Life Is Strange 2 / PC, PlayStation 4, Xbox One

Pontos Positivos
Retrato de maneira delicada o preconceito que ainda existe na sociedade.
Desenvolvimento da relação dos irmãos é diretamente ligado à trama.
Novas interações criam situações mais moralmente questionáveis.
Pontos Negativos
Câmera do jogo não é das melhores e pode atrapalhar.
8
Bom

Sobre o Autor

Igor Pontes

Jornalista, Mestre Pokémon desde criancinha e ainda sonha que a Cidade de Pallet é seu lugar. Fã de e-Sports e de RPGs, e morre de medo até hoje do primeiro Silent Hill.

Participe da Conversa

Life Is Strange 2

  • Data de Lançamento: 27 de setembro, 2018
    • PC
    • PlayStation 4
    • Xbox One
    Desenvolvedora:
    DONTNOD Entertainment
    Publisher:
    Square Enix
    Gênero(s):
    Aventura
    14 anos
    Violência, Conteúdo Sexual, Drogas