Square Enix cancela DLCs de Final Fantasy XV, anuncia saída de diretor do jogo e revela enorme prejuízo

Perdas financeiras do estúdio superaram a casa dos US$ 30 milhões.

Em um pronunciamento inesperado nesta quinta-feira (8), a Square Enix anunciou o cancelamento de três dos quatro conteúdos adicionais restantes de Final Fantasy XV e a saída de Hajime Tabata, diretor do jogo, da empresa.

As medidas fazem parte de uma grande reestruturação na Luminous, estúdio interno da Square Enix responsável pelas DLCs. Em seu relatório de ganhos, a empresa revelou que a mudança gerou um enorme prejuízo financeiro de US$ 33 milhões.

A notícia chega às vésperas do aniversário de 2 anos de Final Fantasy XV. Lançado em 29 de novembro de 2016 após ficar quase uma década em desenvolvimento, o RPG dividiu a opinião dos fãs – apesar de acumular 8,1 milhões de cópias vendidas no mundo todo até setembro deste ano.

O que ainda está de pé

A Square Enix cancelou as DLCs com episódios dedicados aos personagens Aranea, Lunafreye e Noctis. O que seria a quarta parte desse pacote, dedicada a Ardyn, segue em produção e deve ser lançado em março de 2019, encerrando os conteúdos bônus de Final Fantasy XV.

Agora, a equipe da Luminous vai se concentrar em trabalhar em um novo jogo AAA, mas nada foi confirmado sobre esse novo projeto.

Final Fantasy XV: Multiplayer Comrades, aspecto multiplayer de Final Fantasy XV, vai ser lançado como um jogo separado, que não exige uma cópia do RPG.

O modo chega em 13 de dezembro e tem 10 novos chefões, assim como mais armas e roupas. Quem já tem Final Fantasy XV e comprou a expansão Comrades poderá baixar o multiplayer gratuitamente.

Outro anúncio da Square Enix foi de um curta-metragem de Final Fantasy XV chamado Final Fantasy XV Episode Prologue. A animação está em produção e o primeiro teaser sai em 15 de dezembro. Um segundo aperitivo fica para 10 de janeiro.

O que se foi

O último dia de trabalho de Hajime Tabata na Square Enix foi em 31 de outubro. Ao anunciar sua saída, ele agradeceu a lealdade dos fãs de Final Fantasy.

“Eu sinceramente acredito que vocês, fãs de verdade, são a razão pela qual chegamos até aqui. Eu agradeço a vocês do fundo do meu coração”, disse.

O diretor de Final Fantasy XV também anunciou que irá fundar seu próprio estúdio. “Tenho um projeto que realmente quero consolidar como meu próximo desafio após Final Fantasy XV. Por essa razão, decidi deixar minha posição atual e iniciar meu próprio negócio para atingir meus objetivos”, acrescentou.

Tabata também agradeceu a Square Enix e disse que continuará torcendo pelo sucesso do estúdio.

“De agora em diante, vou torcer e apoiar a Square Enix e a Luminous Productions junto com todos vocês. Gostaria de agradecer a todos que continuam apoiando Final Fantasy e também àqueles que me apoiaram pessoalmente”, completou.

Arquivado em:
PC, PlayStation 4, Xbox One

Tem uma sugestão de notícia? E-mail: sugestoes@gamespot.com.br

10 0
Ver comentários ()
Participe da Conversa