Games de 2019 que o GameSpot Brasil mais quer jogar

Mortal Kombat 11, Resident Evil 2 e Control são alguns dos nossos destaques.

Parece que 2018 durou 36 anos, mas c’est fini: estamos em 2019. Vai dar tudo certo (ou não)! Mas depois de saborear o que houve de melhor nos videogames nos últimos 12 meses, é hora de observar o que vem por aí.

Por isso, cada membro da equipe do GameSpot Brasil escolheu qual jogo quer mais jogar em 2019. Confira nossa seleção e aproveite e diga nos comentários qual é o game que você está mais ansioso para este ano!

Mortal Kombat 11

Lançamento: 23 de abril

Plataformas: PS4, Xbox One, PCs, Switch

Para ser bem sincero, Mortal Kombat nunca foi minha série de jogos de luta favorita – esse posto ainda pertence a The King of Fighters.

No entanto, nesses mais de 20 anos como um apaixonado pelo gênero, sou forçado a admitir que, desde o reboot da franquia em 2011, a NetherRealm Studios oferece o melhor pacote entre os games de luta, juntando os combates viscerais que sempre caracterizaram Mortal Kombat a uma história bem melhor que Street Fighter, Tekken e o próprio KoF.

O 11º episódio da série principal chega com a promessa de ser ainda mais sangrento que Mortal Kombat X. E o trailer com Raiden no modo “full pistola” na luta contra Scorpion indica que o Deus do Trovão realmente vai deixar qualquer ética de lado e partir pra cima de quem cruzar seu caminho e for visto como ameaça a Earthrealm.

Some a isso o fato de Liu Kang e Kitana serem os prováveis principais vilões do jogo, com base nos eventos de MKX, e Mortal Kombat 11 é um forte postulante ao maior game da história da franquia. Só quero que esses meses passem voando para ver com meus próprios olhos o nível de brutalidade dos novos Fatalities.

– Gabriel Oliveira, repórter

Kingdom Hearts 3

Lançamento: 29 de janeiro

Plataformas: PS4, Xbox One

Depois de mais de 10 anos de espera, Kingdom Hearts 3 finalmente vai ser lançado. E eu, como boa fã da franquia, não poderia estar mais ansiosa.

Quando era menor, joguei KH2 no PlayStation 2 e me apaixonei por essa aventura cheia de fantasia e a luta contra as trevas ao lado de personagens Disney que marcaram a minha infância, como Mulan, Hércules e Stitch. Mal acredito que vou poder ver o encerramento dessa guerra entre luz e escuridão.

Porém, preciso confessar que fico com o coração dividido. Não terei mais Sora, Pateta e Pato Donald se metendo em novas confusões, mas finalmente poderei saber a conclusão da história. Escolhas…

Kingdom Hearts 3 revelou cenas e personagens que só aumentaram minha ansiedade. O vilão Xehanort, que me fez lutar por horas e horas em Birth by Sleep, já confirmou sua presença, assim como os nobodies da Organization XIII.

Além dos bad guys, KH3 vai ter os mundos de Monstros S.A e Toy Story, entre tantos outros. E todo mundo que foi criança nos anos 2000 teve sua infância marcada por Mike Wazowski, Sully, Woody e Buzz Lightyear.

Com o final se aproximando, torço para que Sora, Kairi e Riku possam finalmente ter paz, sem nenhum heartless para perturbá-los. Depois de mais de 15 anos lutando entre trancos e barrancos, eles merecem.

– Giulia Beatriz, redes sociais

Devil May Cry 5

Lançamento: 8 de março

Plataformas: PS4, Xbox One, PCs

Lembro que o primeiro Devil May Cry que joguei foi o 3. Ele havia acabado de chegar na locadora que eu frequentava e NOSSA, a capa me deixou hipnotizado e me fez querer jogar. 

Mas naquela época não tinha essa de terminar jogo fora de ordem, não. Zerei o primeiro DMC em um final de semana de férias e nos dias seguintes fui atrás dos outros. Resumo da ópera: virei fã. Como um jovem metaleiro rebelde (quem nunca?) na época, me identifiquei com DMC e a cabeleira irada de Dante.

LEIA MAIS: Devil May Cry 5 ganha trailer focado em V

Apesar de gostar do game da Ninja Theory, sinto que é Devil May Cry 5 quem vai colocar a franquia novamente nas paradas. Aquele sentimento de massacrar monstros ao som de rock pesado e com personagens dignos de uma banda cover de My Chemical Romance parece ter voltado com tudo.

E apesar de Dante estar um pouco mais longe dos holofotes, as piadinhas de Nero e seu braço mecânico Devil Breaker vão fazer jus ao tio estilera. Devil May Cry 5 tem tudo que um fã da franquia precisa para voltar a se apaixonar pela série.

– Igor Pontes, produtor de vídeo

Control

Lançamento: sem data definida

Plataformas: PS4, Xbox One, PCs

A Remedy Games criou Max Payne, uma das franquias de ação mais ricas em referências e mecânicas de jogo dos anos 2000, mas seu último trabalho, Quantum Break, foi recepcionado como se a empresa não soubesse o que faz.

Tá, os 75 GB de uma série de TV com atuações duvidosas podem ter influenciado os narizes torcidos. Mas a real é que os combates de Quantum Break têm seu valor e merecem uma segunda chance. E ela pode se chamar Control.

Quando foi apresentado na E3 2018, Control bem que parecia um Quantum Break 2. A fotografia e a linguagem eram similares, com os mesmos tons gelados e formas geométricas assumindo a representação do que parecia ser uma nova ruptura da realidade.

Mas enquanto Quantum Break usa viagens no tempo para estabelecer e brincar com paradoxos temporais, Control vai mais para o lado sobrenatural da coisa, com dimensões paralelas e toda essa estética do “new weird” que está na moda na ficção científica.

De qualquer forma, a protagonista Jesse Faden deve ter vários poderes de manipulação da realidade. Uma ótima oportunidade para a Remedy reempacotar o que deu certo em QB, corrigir o que não rolou, e provar que é sim a king of the hill da ação com requintes literários.

– Bruno Araujo, editor-chefe

Resident Evil 2

Lançamento: 25 de janeiro

Plataformas: PS4, Xbox One, PCs

Depois de acompanhar trailers, gameplays e entrevistas com os responsáveis pelo remake de Resident Evil 2, sinto que este retorno a Raccoon City como Leon S. Kennedy e Claire Redfield vai trazer uma sensação de déjà vu e, ao mesmo tempo, de novidade aos fãs da série.

Dá pra ver que a equipe de desenvolvimento da Capcom se dedicou muito em trazer esse equilíbrio no jogo. Da recriação de detalhes em roupas e personagens até mudanças na ordem de acontecimentos da história e na perspectiva do jogo, agora com uma câmera por cima dos ombros, o remake carrega o DNA de Resident Evil de diferentes gerações.

VEJA MAIS: Capcom divulga novo trailer de Resident Evil 2

Depois dos elogios de público e crítica a Resident Evil 7, o remake de RE2 pode concretizar esse renascimento da franquia de zumbis da Capcom. Acredito que esse é um dos jogos mais esperados pelos fãs da franquia.

– Giovanna Breve, redatora freelancer

Sekiro: Shadows Die Twice

Lançamento: 22 de março

Plataformas: PS4, Xbox One, PCs

Quando um teaser sangrento da From Software foi exibido no TGA 2017, a comunidade “soulsborne” se agitou com um possível Bloodborne 2. Na E3 2018, porém, o estúdio revelou uma nova propriedade intelectual que bebia da fonte dos jogos de Hidetaka Miyazaki, mas expandia seus conceitos e mudava drasticamente de cenário. Melhor ainda.

Como fã de Dark Souls e Bloodborne, de cara fiquei decepcionado por ainda não ter chegado a hora de reembarcar nos horrores de Yharnam. Mas depois de jogar Sekiro: Shadows Die Twice na Gamescom e na BGS, mudei de ideia. Deixei a desilusão de lado e estou faminto por mais um pouquinho da genialidade de Miyazaki.

LEIA MAIS: Veja nossas impressões na BGS 2018

Sekiro segue a jornada de vingança de um shinobi, que, após ter sido traído e quase morto por seu mestre, acorda com uma prótese no lugar de um dos braços. Com ela, o protagonista tem uma variedade de acessórios que o auxiliam no combate contra criaturas mortais e habilidosas no combate de espadas.

Ao contrário de Dark Souls e Bloodborne, em Sekiro não basta apenas bloquear/esquivar e atacar na hora certa.

Um novo sistema de postura exige mais estratégia, dando ao jogador e aos inimigos uma barra que é preenchida conforme golpes são aplicados e/ou desviados corretamente. Quando esse medidor atinge seu limite, seu dono fica sem proteção, abrindo caminho para um ataque final.

– Pedro Scapin, redator

Acompanhe o GameSpot Brasil no Facebook, Twitter, YouTube, Instagram e Twitch.

Arquivado em:
PC, PlayStation 4, Xbox One

Tem uma sugestão de notícia? E-mail: sugestoes@gamespot.com.br

5 0
Ver comentários ()
Participe da Conversa